Negócios é confiança, crescimento é confiança

A vida é construída a partir das atitudes. Quanto mais omisso é um povo menos desenvolvido será. Quanto mais inerte é uma pessoa menos feliz será.

Quando se pensa numa sociedade desenvolvida se pensa numa sociedade em que os elementos básicos para sobreviver, as necessidades humanas primárias, restam totalmente satisfeitas. Nessa sociedade desenvolvida, as necessidades estão mais elaboradas e se tende a não precisar (re)discutir o caminho que os levou até ali a todo instante. O desenvolvimento vem a partir da premissa de que as coisas do passado, certas ou erradas, produziram o que se tem hoje. Trabalha-se no seu melhoramento, não na sua constante reconstrução. Com este melhoramento chega-se ao objetivo no qual os reconstrutores sonham, mas sem recomeço, sem quebras, sem conflitos sociais. É o único caminho que deu certo até hoje na história humana.

Pois bem… desenvolvimento surge da valorização do que há. E do seu aprimoramento. É o que se está dizendo. Se algo há de ruim, melhora-se. Se algo há de errado, corrige-se. Se algo vai bem, aprimora-se.

Numa sociedade em desenvolvimento as necessidades humanas básicas ainda não estão atendidas. Ainda há preocupação com segurança, com as doenças, com alimentação acima do necessário para desenvolver aptidões mais nobres. Como escrever uma sinfonia em meio à fome? Como pesquisar uma nova vacina em meio a um tiroteio?

No mundo dos negócios aprendemos cedo que negócios são pessoas. Quem não sabe se relacionar costuma ter muitas dificuldades em fazer bons negócios. É óbvio que as pessoas cometem erros e isso significa, cedo ou tarde, que errarão contigo também. Não raro, errarão propositalmente para te prejudicar. Ainda assim, você precisa das pessoas para fazer negócios.

Dito de outra forma: negócios vem da confiança das pessoas envolvidas. Você não contrata um empregado se não confiar nele e ele não trabalhará para você sem confiar. Você não adquire insumos sem confiar que pode produzir e vender seu produto e seu cliente não adquirirá seu produto sem confiar. Ser confiável e fazer com que os outros o percebam assim é desafio de qualquer profissional.

O Brasil vive uma crise de confiança. Os motivos estão aí e não precisam ser repetidos. Mas não desanime. Confie. Todos os erros se encaminham para o acerto, desde que confiemos em algo que direcione a atuação da sociedade. E este direcionamento, quando não vem das lideranças estatais (até porque não sabem ser líderes), deve ser buscado em outras lideranças. Então confie que há outras referências, outros líderes. Confie que o certo produz bons resultados, ao contrário do errado. Confie que a vida oferece significado a todas as experiências, desde que estejamos dispostos. Confie que as pessoas ao seu redor buscam o mesmo que você. Confie nos negócios que estão ao seu redor quando eles forem propostos pelas pessoas que você confia.

Só há um caminho.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s