Propostas para o Brasil

1. As atividades mais bem remuneradas do quadro estatal devem ser as vinculadas às principais atividades estatais

Precisamos imediatamente mudar nosso plano de carreira das atividades estatais para melhor remunerar os profissionais da educação, saúde e segurança, tornando-os os mais bem remunerados do serviço público. Já sabemos há longa data que, num corpo institucional, são as atividades mais importantes que devem ser melhor remuneradas. Estes profissionais desempenham a atividade mais importante para os objetivos do Estado. Só por isso já mereceriam a melhor remuneração. Há, contudo, outros bons fundamentos: (a) fim das desigualdades remuneratórias nas carreiras estatais; (b) descentralização dos grandes centros, levando profissionais mais bem remunerados a todo o país; (c) melhor qualificação daqueles que desempenham as atividades mais importantes do Estado, levando os bons profissionais que hoje buscam carreiras burocráticas a desempenhar atividades mais importantes pra sociedade.

2. Fim da impunidade

O brasileiro precisa conscientizar que o crime não compensa. Essa conscientização deveria advir do respeito ao outro, mas se assim não é, que seja pela limitação dos direitos e da liberdade. A educação não é infelizmente o único instrumento de formação desta consciência (é evidente que pessoas bem instruídas também cometem crimes). Precisamos sim de medidas de enfrentamento à criminalidade que sejam mais rigorosas, deixando de lado a impunidade e os discursos demagógicos que até pouco tempo nos eram impostos. É justamente a pessoa mais pobre que mais sofre com a impunidade, pois ela é vítima de crimes em todos os setores da sua vida: desde a parada do ônibus e a sua casa, em local vulnerável, até os abusos de empregadores e de negociantes em geral.

Faz parte deste tópico a obrigação de os presidiários trabalharem e indenizarem suas vítimas e o Estado. O trabalho na vida adulta não é uma opção, principalmente para quem escolheu desviar-se dos valores sociais médios.

3. Educação da liberdade

Precisamos ensinar a educadores e educandos o que é liberdade, as vantagens e consequências. Precisamos conscientizar nossa gente de que a liberdade exige maturidade e respeito ao outro e que é a única forma efetiva de conseguirmos viver uma vida sem o risco de nos imporem valores, condutas, trabalhos e limites que não queremos.

4. O trânsito como laboratório social

O melhor laboratório de relações sociais disponível é o trânsito. Ele nos ensina ordem e respeito e espelha as relações sociais, permitindo constatarmos o nível de efetividade da educação, da ordem, da conscientização e da impunidade de uma sociedade, independentemente do seu tamanho. Uma política educacional que usasse o trânsito como conteúdo e referência serviria de instrumento de elaboração das relações pessoais e sociais.

5. Respeito ao pactuado entre as partes

É claro que o Estado deve regular as atividades sociais, empresariais, negociais e institucionais. Contudo, precisamos que nossa gente aprenda a tomar decisões e assumir a responsabilidade pelo que se compromete. Isso é um dos elementos da liberdade.

6. Meritocracia

Meritocracia é muito mais do que o debate tem lidado. Meritocracia é o que seleciona os servidores em concurso público, é o que constata se um aluno pode mudar de ciclo, é o que informa se um produto é melhor que outro. Não há vida humana sem a valorização do mérito. Se não concordamos com os critérios, mudemos tais critérios, pois não existe nenhuma possibilidade de não valorizarmos mais as pessoas que melhor desempenham suas atividades, sob pena de não existir motivo os menos interessados se interessarem em melhorar.

7. Cargo político não pode ser carreira

Quem quiser participar da Administração Pública como carreira, faça concurso. Cargos políticos devem ser transitórios. Não deve existir a possibilidade de reeleição para nenhum cargo político.

“Sejamos a mudança que queremos ver no mundo”, Gandhi.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s